2018 - Genelec

Escrito por Myla. Posted in Entrevistas

Assista a entrevista em vídeo clicando aqui!

Oi, eu sou a Tarja! Bem-vindos à minha casa, nós estamos em Marbella, Espanha.

Construí um lar aqui na Espanha onde posso ser livre para ser eu como mãe, mas basicamente, principalmente como artista. Ser uma artista profissional trabalhando em casa.

Escrevo música, produzo e gravo, tudo no mesmo local. Estou longe de casa na maior parte do tempo em um ano e quando volto posso realmente ficar em casa.
Tenho a possibilidade de gravar meus vocais para meus álbuns, conferir meu trabalho, conferir minhas mixagens do álbum, também as edições de vídeo. Tenho uma sala de cinema onde posso realmente trabalhar nisso. Tem sido muito útil, porque na verdade com uma tela grande eu posso ser realmente mais precisa no tempo. E toda a qualidade de som naquela sala é absoluta, não há perturbações ou nada vindo de fora, então é realmente puro e verdadeiro.

Quando estou gravando meus vocais, normalmente gravo com apenas um técnico na mesma sala. Tenho um microfone e um alto-falante na minha frente, em uma distância próxima em um volume baixo, com elementos que solicito nas mixagens. Preciso que o alto-falante seja verdadeiro, real, natural.

Componho com o piano e a música sempre vem primeiro a mim. Algo sempre surge porque improviso, e gravo sempre quando estou atrás do meu piano de cauda. Embora eu não grave com um aparelho, apenas coloco o telefone... e tiro as ideias. Embora minha música seja baseada em guitarras e riffs pesados, o piano ainda é um insturmento melancólico que cobre toda a extensão pra mim. É um instrumento muito inspirador e é muito verdadeiro.

Quando penso como artista em um lugar, um lar, um refúgio, onde eu me sentiria confortável de estar, precisa ser um local que me inspira.