2018 - Ethereal Metalzine

Escrito por Julia . Posted in Entrevistas

E: O Act II esteve em produção por algum tempo agora, mas finalmente será lançado em 27 de julho. Houve algum obstáculo que apareceu entre gravação, produção, etc?

T: Na verdade não. Eu trabalhei apenas nele por cinco meses. Mesmo que os shows tenham sido gravados há algum tempo, eu não tive tempo para me concentrar nele antes. A quantidade de material que precisava de minha atenção era enorme, então demorou muito tempo.

E: Você escolheu filmar o Act II em Milão, no Teatro della Luna. Por que este lugar?

T: Eu queria discartar todo o estresse adicional que sempre aparece quando você está filmando e gravando um show para um DVD. É por isso que decidi fazer as gravações em um teatro que eu já conhecia e onde eu já tinha performado antes. Além do mais, a logística foi importante para facilitar levar a equipe de filmagem da Alemanha. E com certeza eu amo meus fãs italianos!

E: Como a atmosfera e o público foram diferentes do Act I?

T: O teatro em si não é um antigo auditório de ópera como no Act I, mas é um mais moderno e o público não é argentino, é italiano. Estes foram fatores importantes para criar a atmosfera do show. Diferenças culturais nos afetam. O público argentino é conhecido como sendo muito passional quando diz respeito às emoções deles e a devoção aos artistas, enquanto o público italiano curte os shows ao assistir cada pequeno detalhe e mostra seu respeito e adoração de outra forma.

E: Além do show principal na Itália, também haverá uma gravação do show no Metropolis Studios, em Londres. Esse show foi mais íntimo, visto que não foi grande e que o The Shadow Self ainda não tinha sido lançado. Você estava nervosa sobre como o público reagiria às suas músicas?

T: Nós tocamos as músicas do The Shadow Self ao vivo pela primeira vez neste pequeno estúdio para um punhado de fãs, a mídia e o pessoal da gravadora. Foi um momento empolgante extraordinário para todos nós envolvidos, incluindo os fãs. A intimidade deste evento nos fez realmente curtir o fato de que fomos capazes de encarar o desafio. Eu pessoalmente amei a performance, porque eu pude ver as reações de meus fãs tão de perto. Eu não sabia como eles reagiriam às minhas novas criações, mas foi lindo ver as expressões deles. Eu não estava nervosa sobre como eles reagiriam, porque, no fim do dia, eu estava feliz com meu novo álbum e meu trabalho. Depois do show, eu pude falar com eles e conseguir a opinião deles imediatamente.

E: Tim Tronckoe vem fazendo sessões de fotos incríveis com você nos últimos anos. Ele escolhe os lugares e poses ou é um esforço de equipe?

T: Eu escolho os lugares e temas normalmente, e nós repassamos juntos as possibilidades do que fazer e do que estamos procurando. Sobre pose em si, eu já estou bem acostumada a estar em frente à câmera depois de todos estes anos, mas há essa diferença enorme em trabalhar com pessoas tão talentosas como Tim. Seu trabalho se torna agradável e mais fácil quando você consegue compartilhar ele com uma pessoa tão dedicada a ele.

E: Você deixou os fãs escolherem as capas para cada edição do Act II. As capas escolhidas passaram perto do que você tinha em mente?

T: Basicamente! Eu fiquei muito feliz de ver os resultados desta seleção. Meus fãs têm ótimo gosto!

E: Como o Act II será diferente do Act I, além de lugar, setlist, etc? Risos.

T: No Act II você verá uma eu mais velha, mais confiante e não grávida! Você pode perceber que estou me divertindo muito com minha banda hoje em dia. Os músicos de fato apóiam e compartilham da minha paixão pela música, então o trabalho tem ficado mais fácil de todas as formas. Só há boas pessoas ao meu redor agora, e este fato é muito importante para mim. É tão importante quanto a musicalidade que eles têm. Eu produzi o vídeo de uma forma artística, de modo que você poderia sentir como se você mesmo estivesse no show ao assistir em sua casa. Eu tentei recriar as emoções e sentimentos que aconteceram durante o show, para que a experiência em casa seja a mesma e tão agradável quanto.

E: Além de entrevistas, nós veremos material de fora do palco?

T: No mediabook, você tem entrevistas minhas e dos membros da banda, uma enorme quantidade de fotos tiradas pelos meus fãs, etc.

E: Acontecerão alguns shows de lançamento nos Estados Unidos para o Act II e muitos de seus fãs, incluindo eu, estão em êxtase para te ver. Como é poder performar para nós de novo depois de tantos anos?

T: Eu estou super empolgada para voltar para os Estados Unidos depois de todos estes anos. Muito obrigado por ser paciente comigo! Foi muito difícil para mim fazer uma turnê nos Estados Unidos como uma artista solo, mas agora parece que meu sonho está se realizando. Eu realmente espero me divertir muito lá com meus fãs e a banda. Totalmente excelente!

E: Você mencionou que você esteve trabalhando em um novo álbum, mas o que vai acontecer com o "Outlanders"?

T: Ha! Outlanders ainda está sendo feito... eu tenho muitos projetos "no ar" como você pode ver. E como eu não estou com pressa com ele, eu preciso encontrar um lugar e um momento apropriados para o lançamento do Outlanders. Quando o tempo for certo, vocês ouvirão mais sobre ele com certeza. A música neste projeto é simplesmente muito linda!

E: Sobre o novo álbum, há ideias para colaborações, e se sim alguém em especial com quem você adoraria trabalhar? Algum detalhe sobre o álbum em geral?

T: Eu já escrevi muitas músicas para o novo álbum e estou feliz que encontrei confiança no processo de escrevê-las. Eu sinto que o álbum seguirá o caminho natural que o The Shadow Self abriu, mas espero que seja um álbum melhor! Mais do que isto eu não posso dizer ainda. Só que eu espero lançar o álbum em algum ponto ao fim do ano que vem. Com certeza seria legal colaborar com alguém em um álbum, mas não tenho planos concretos ainda.

E: Recentemente você fez alguns shows para o Noche Escandinava III. Como foi se reunir e performar com Marjut e Juha de novo?

T: Nós nos divertimos muito! Foi maravilhoso nos encontrarmos novamente e dividir o palco com meus amigos de longa data. Nós rimos muito todos os dias porque tínhamos tantas memórias da época da faculdade. Eu realmente espero fazer mais um round desses com eles.

E: Quem escolheu o setlist, especialmente "Miau" (N.d.T: se referindo ao Duetto Buffo di Due Gatti de Rossini)? Os gatos foram adoráveis!

T: Nós todos decidimos nossos solos e depois discutimos possíveis duetos. Este dueto de Rossini é uma peça maravilhosa e interessante. Nós só queríamos fazer o público rir um pouco.

E: Haverá um DVD ou CD ao vivo para o Noche Escandinava III?

T: Não está em meus planos.

E: Últimas palavras para seus fãs?

T: Eu realmente quero agradecer pelo apoio, amor e paciência. Nós iremos nos encontrar muito em breve em minha turnê nos Estados Unidos! Mal posso esperar.