Queridos amigos...

Posted in What Lies Beneath

Eu tive uma viagem adorável de 2 semanas! A viagem de Buenos Aires para Plovdiv, na Bulgária, foi muito longa. Parecia eterna, na verdade, mas eu finalmente encontrei a cama, no meu lindo quarto de hotel, e pude dormir um pouco. Os ensaios com a Orquestra Filarmônica e coral começaram no dia seguinte.


Eu estava muito excitada pelo nosso concerto "Beauty and the Beat" por várias semanas e quando chegou a hora, foi incrível. Nós dois, Mike e eu, estivemos praticando por nossa conta para esse evento.

O calor na sala de ensaio, uma hora, chegou ao máximo e não foi fácil para ninguém ficar lá por muito tempo. Todos fomos tratados muito bem e o clima era grande. Na realidade a Orquestra Filarmônica de Plovdiv é uma das melhores orquestras com as quais já trabalhei durante minha carreira. Eles realmente levaram esse programa muito bem, com incrível atitude e grande talento. Eu aprecio isso. Com a ajuda do Levon Manukyan, nós conseguimos tudo juntos e em tempo para o concerto.
Vocês já viram fotos desse maravilhoso anfiteatro?
Meu Deus, uma localização maravilhosa! Eu andei pelo palco na noite anterior ao concerto, me perguntei como seria olhar e sentir quando o lugar estivesse cheio de pessoas. Eu estava totalmente errada! Não foi nada como eu esperava, na verdade. Foi tão radiante!

Quando o concerto estava próximo de começar, eu ouvi os gritos dos fãs búlgaros e lembrei das minhas visitas anteriores à Bulgária. Todos os meus concertos têm sido surpreendentes devido a magnífica recepção do público. Agora eles estavam prestes a ouvir de mim algo totalmente diferente, então eu fiquei muito nervosa.
Quando eu caminhei pelo palco, a audiência estava tão alta que eu fiquei bastante confusa com meus pensamentos e emoções; comecei a chorar antes mesmo de cantar uma nota! Foi maravilhoso. Todo o concerto foi incrível. Eu estava muito, muito feliz. A ideia de tocar junto com a orquestra, coral e Mike é muito original e eu sabia que daria certo ao vivo, como aconteceu. Espero que possamos fazer isso mais vezes e poderia acontecer onde quer que seja!


Eu precisei abraçar Mr. Terrana por um longo tempo antes e depois do concerto. Na verdade Mike gostou tanto do concerto que me disse isso: "Querida Tarja, se eu morresse amanhã, eu morreria feliz". Foi o melhor concerto que, segundo ele, fez em sua carreira. Eu estava muito feliz por fazer parte daquilo.

Eu quero agradecer à cidade de Plovdiv por me acolher. Da próxima vez vocês me verão, na última turnê, em Sofia.
No dia seguinte à essa avassaladora experiência, eu estava seguindo para o Brasil, onde outro excitante evento estava para acontecer.
O fuso-horário estava me matando quando eu cheguei ao ensolarado Rio de Janeiro, mas apesar de tudo, eu queria sentir a brisa do oceano e aproveitar meu tempo "livre".
Eu encontrei com os meninos do Angra no dia seguinte, nos ensaios. Eu preciso dizer que eles praticam muito alto! Sem fones de ouvido, você não conseguiria ficar naquela sala por muito tempo... WOW!

Tudo correu bem, nós passamos as músicas algumas vezes e nos divertimos. Foi muito bom para conhecer os membros do Angra nesses dois dias. Eles foram muito gentis comigo.
Nós deveríamos ter uma passagem de som, pela manhã, no dia do show, mas devido a alguns problemas técnicos no festival, ficou tudo atrasado. Acabamos tendo apenas uma "verificação de linha", que é apenas para checar se os instrumentos estão plugados e "trabalhando", apesar de não soar muito bom para um show. Bem, todos estavam um pouco chateadose nervosos com a situação, mas todos nós pensamos que iria se resolver durante a noite. Ainda tínhamos esperanças e boas risadas!
Hora do show no famoso Rock in Rio! Eu me senti honrada de fazer parte desse festival como convidada de uma banda local. A última vez que o festival foi realizado no Rio, há 10 anos, sempre sonhei em ser capaz de cantar nesse evento um dia.
Mesmo quando você é um profissional, às vezes as coisas saem do controle. Foi uma bagunça. Infelizmente havia muitos problemas de ordem técnica acontecendo durante o show que era quase impossível cantar. Eu não podia ouvir as guitarras e os teclados. Eu não tinha ideia da nota em que a banda estava usando em algumas canções, então eu precisei adivinhar e rezei para acertar as notas corretamente. O que é claro que eu não consegui! Eu desejo que nós pudéssemos repetir isso algum dia.

De qualquer forma eu tenho que dizer que o Angra e eu fizemos o melhor que pudemos nessa situação, tentamos aproveitar a performance, apesar dos problemas. A audiência no Rio foi simplesmente maravilhosa. Eu vi muitas garotas chorando à minha frente e essas lágrimas acabaram sendo capas de jornais locais! Foi tão emocionante para o rock essa massa de pessoas! Quero agradecer a todos pela minha presença no Rock in Rio. Eu tive um tempo maravilhoso com o Angra e com vocês.

Obrigada Brasil! Eu estou ansiosa para vê-los novamente em Março.
Agora eu vou curtir minha casa por algum tempo.
Deixarei vocês saberem dos meus planos em breve.

Com amor, Tarja.